D essa vez, eu é quem quero lhe proporcionar algo diferente, eu sei que já lhe escrevi muitas e muitas vezes, mas, não dessa forma. Não vou ...

Dessa vez, eu é quem quero lhe proporcionar algo diferente, eu sei que já lhe escrevi muitas e muitas vezes, mas, não dessa forma. Não vou repetir o quanto te amo, nem o quanto eu te adoro. Eu quero lhe falar do bem que você me proporciona, dos sorrisos que me arranca, das gargalhadas, do quanto o timbre da tua voz ainda está vivo na minha memória, do frio na barriga imenso que senti ao te ouvir dizer meu nome. Eu queria que você soubesse, que eu me sinto cada vez mais viva quando você me chama de “amor”, “minha vida”, de quando usa a palavra “minha” antes de qualquer coisa. Você já deve saber, mas mesmo assim, te digo outra vez, é apenas com você que comecei planejar o meu futuro, que é ao teu lado que eu o imagino, e que viajo cada vez que falamos dos nossos planos. Meu coração se enche de vida e ao mesmo tempo angústia ao ouvir nossas musicas, aquelas que descrevem o nosso amor, ou como você mesmo diz “escrevem a nossa história”, pois elas me lembram de tudo, do que sentimos, do que passamos e ainda passaremos, me fazem querer sair daqui na hora e colar no teu abraço, sentindo o teu calor, vendo o teu sorriso.. e ao mesmo tempo, me dão insegurança, nosso futuro anda tão incerto, tão confuso, mas ei, isso não quer dizer que eu pense em desistir, de forma alguma. De que valeriam nossos beijos, carícias, das alegrias e tristezas, promessas, planos, prazeres, de tudo o que passamos se fosse pra desistir agora? E não só por isso também, pois, meu amor, me ensinaram que quando a gente quer, a gente não desiste, e você, bem, você é de longe o que eu mais quero, seja me amando, brigando, rindo, beijando, me tirando o fôlego, é você que eu quero, todo cheio de marra, orgulho, todo ciumento, briguento, lindo, carinhoso, dengoso, meu. Eu quero você de todas as formas imagináveis, tenho a certeza disso toda hora, toda vez que você me abraça, diz que me ama, me cuida, me faz sentir a paz que é estar ao lado teu. Lembra do pedido de sermos um só? Enfrentando as barreiras e dificuldades segurando sua mão? Eu aceito e agora sou eu quem lhe peço, vem comigo? Realiza nossos planos, e faz novos planos comigo? Me aceita assim toda errada, briguenta, exagerada? Só vem e fica, que o nosso amor trata de fazer o resto.

                                                                                                     Eduarda Pinheiro

You Might Also Like

0 recadinhos

Solta o verbo meu jovem.

Flickr Images